Domingo, 2 de Novembro de 2008
Leões de regresso às vitórias frente ao Rio Ave.


 

CRÓNICA:

A entrada de Pedro Silva para o lado direito da defesa, pró troca directa com Abel e o regresso de Caneira a central para substituir o lesionado Tonel foram as principais novidades da equipa escolhida por Paulo Bento para a partida no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde.

Ao «losango» sportinguista, João Eusébio respondeu com semelhante 4x4x2, o que provocou aglomeração de jogadores na zona central da intermediária, com a transição defesa/ataque a ser feita pelos corredores, com Grimi a estar melhor nos cruzamentos para os avançados do que o seu companheiro na direita. Liedson, sobretudo, foi ameaçando com um cabeceamento e um remate de pé direito até que o «31», após roubar a bola ao central Bruno Mendes, inaugurou, perante Paiva, o marcador num remate de pé direito (40 m).

De regresso dos balneários, o Sporting recuou no terreno, com o Rio Ave – que avançou Evandro para junto de Semedo e Chidi, transformando-se em 4x3x3 – a pressionar no primeiro quarto de hora, com Paulo Bento a responder na entrada de Miguel Veloso por Romagnoli (59 m), com o jovem formado em Alvalade a rematar forte (64 m), de pé direito, para defesa difícil de Paiva. Dois minutos antes, Liedson marcara o segundo golo «verde e branco», mas o auxiliar José Ramalho – no primeiro de quatro foras-de-jogo mal assinalados ao ataque do Sporting em situações de real perigo – decidiu levantar a bandeirola quando o avançado «leonino» respondeu de cabeça a um remate de Rochemback, partindo atrás de dois defesas do Rio Ave.

Derlei viu dois amarelos em outros tantos minutos (76 e 77 m) e o Sporting voltou a perder o domínio do jogo, mas não o seu controlo, justificando inteiramente a vitória até ao apito final do juiz Jorge Sousa, que fez péssima actuação inclusive no campo disciplinar, onde relevou gritante dualidade de critérios em prejuízo do Sporting.

 

In: Sporting.pt

 

AVALIAÇÕES À PRESTAÇÃO DE ROMAGNOLI:

 

 

• O criativo não exibiu truques, destacando-se-lhe apenas uma combinação com Derlei aos 29', em jogada que quase deu o primeiro aos leões. Saiu aos 60'. - In O Jogo

 

• Bento testou três alternativas em P.Ferreira para o vértice ofensivo do losango, mas manteve a aposta no argentino. Não esteve tão mal como na Mata Real mas... falhou: pouca bola para pensar jogo, algumas bolas perdidas e um só pormenor de nível (passe de cabeça a isolar Derlei). - In Record



publicado por Filipa às 18:27
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Micaela a 3 de Novembro de 2008 às 17:32
Blog espectacular sobre um grande jogador


Comentar post