Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008
Romagnoli ganhou 4 kilos de massa muscular.

"PAPÁ, ESTOU MAIS FORTE"

 

 

Mais pesado, mais forte, mais… jogador. O argentino Leandro Romagnoli já não tem nada a ver com o jogador franzino, frágil, que em Dezembro de 2005 chegou a Alvalade, oriundo do Veracruz, do México, depois de ter brilhado no seu país, ao serviço do histórico San Lorenzo de Almagro. Ao cuidado na alimentação, que nem sequer condiciona o gosto por massas e pastas italianas (até são fontes de energia, por terem hidratos de carbono), juntou-se um planeado e rigoroso trabalho de ginásio que, no último ano, lhe permitiu ganhar cerca de dois quilos. Aliás, desde que se mudou para o clube leonino, Romagnoli passou de 61 para 65 quilos, distribuídos por 1,72 metros - crescer é que já cresceu tudo o que tinha para crescer. Um aumento considerável, em massa muscular, não em gordura.

E assim, em vez de durar os 20/25 minutos dos seus primeiros meses de leão, o internacional argentino já consegue aguentar 3/4 de jogo ao mesmo nível. Algo que, claro, o motiva imenso, como o próprio já admitiu em conversa com o pai, Atílio. "'Papá, estou mais forte', disse-me ele noutro dia. Segundo aquilo que percebi, ele agora está com mais musculatura, com outra capacidade a nível físico, graças a um bom trabalho de ginásio. O que, claro, é muito importante para ele", revela, a O JOGO, o progenitor do criativo, a partir de Buenos Aires.

O trabalho no ginásio - que já antes redimensionou Cristiano Ronaldo, Nani ou Yannick Djaló -, aliado às correcções tácticas de Paulo Bento, garante ao Sporting um criativo mais consistente, mais disponível, capaz de participar em tarefas que não apenas as ofensivas, enquadrando-se na versatilidade que o treinador leonino idealizou e anunciou para esta época. Uma equipa mais larga, mais funcional. Nos três encontros já realizados, um para a Supertaça, frente ao FC Porto, e dois para o Campeonato (Trofense e Braga), o camisola 30 até foi substituído em todos, e sempre antes dos 70 minutos, mas não saiu por estar em sub-rendimento ou por já ter dado o berro. Saiu, sim, por já ter feito o que lhe fora pedido e ser momento de mudar um sistema que, de facto, tem mais Romagnoli do que nunca. Em peso e... relevância.

 

JÁ MARADONA DIZIA QUE SÓ FALTAVA AQUILO QUE SE CONSEGUE NUM GINÁSIO

 

 

Diego Maradona disse um dia que Romagnoli tinha talento para lhe suceder. E deixou a ideia escrita na sua biografia, "Eu Sou El Diego", lançada em 2000, numa lista com os cem melhores jogadores de sempre. Deu o 98.º lugar a Pipi, e elogios em série. Não foi a primeira vez, e também não deve ter sido a última, que El Pibe indica algum argentino capaz de o render, mas o certo é que aquele que muitos consideram ter sido o melhor da história do futebol já então sabia perfeitamente o que faltava a Pipi. "O 'rapazito' fascina-me. Faltam-lhe pernas, físico, músculos, tudo, mas sobra-lhe coragem para fintar. O resto consegue-se num ginásio", sugeria, sábio, Maradona.

 

FICOU POR MENOS DE METADE

 

 

Romagnoli, primeiro reforço da era Paulo Bento, nem sempre foi consensual e, um ano depois de ter chegado, até esteve para sair de Alvalade. Emprestado por época e meia pelos mexicanos do Veracruz, o argentino despertou, em Janeiro de 2006, o interesse dos espanhóis do Getafe e do seu primeiro clube, o San Lorenzo. O negócio até poderia agradar ao Sporting, porque, nessa altura, Romagnoli ainda tinha mais meio ano de contrato com os leões, mas nenhum dos interessados chegou a acordo com o Veracruz. O camisola 30 continuou de verde e branco... e o seu rendimento disparou. No Verão de 2007, o clube leonino decidiu exercer o direito de opção de compra do passe, por 1,2 milhões de euros. Um valor mais baixo (menos de metade) do que aquele que estava clausulado: 2,8 milhões. É que os leões regatearam, e muito, como se percebe, o preço a pagar.

 

PROTEGIDO PELA VIRGEM DE LUJÁN

 

 

Com 27 anos e já na quarta época de leão, Pipi, que tem contrato até 2010, participou activamente nas últimas conquistas do Sporting: duas Taças de Portugal e duas Supertaças. Totaliza 91 jogos pelos leões (só em 2007/08 fez 51!) e, por isso, está a nove de chegar à centena. Casado e pai de duas meninas, o criativo, marcador oficial dos penáltis na formação de Alvalade, é filho de um antigo ponta-de-lança do Hurácan, e aos 17 anos já alinhava na primeira equipa do San Lorenzo. E foi campeão do Mundo de Sub-20, em 2001, numa selecção de estrelas. Fã de Playstation e de cumbia, um estilo musical argentino, adora massas, também aprecia carne grelhada. Quando chegou a Portugal, tinha... 14 tatuagens. Agora, já são pelo menos 15, depois de ter mandado tatuar o nome da filha mais nova. E uma das imagens que exibe no corpo (na perna) é da Virgem de Luján, que define como a sua... protectora.

 

 

Reportagem de: Luís Pena Viegas ( O Jogo )



publicado por Filipa às 16:40
link do post | comentar | favorito




Nome completo:
Leandro Atílio Romagnoli
Clube Actual:
Sporting Clube de Portugal
Posição:
Médio Ofensivo/Número 10
Data de Nascimento:
17.03.1981
Idade:
27 anos
Naturalidade:
Buenos Aires, Argentina
Nacionalidade:
Argentina
Altura:
1,72 cm
Peso:
61 kg

CAMPEONATOS NACIONAIS
• Torneo Clausura 2001
San Lorenzo
Argentina - 2001.

• Taça de Portugal
Sporting CP
Portugal - 2006/2007.

• Supertaça Cândido de Oliveira
Sporting CP
Portugal - 2007/2008.

• Taça de Portugal
Sporting CP
Portugal - 2007/2008.


CAMPEONATOS INTERNACIONAIS
• Mundial de sub-20
Argentina sub-20
Argentina - 2001.

• Copa Mercosur
San Lorenzo
Argentina - 2001.

• Copa Sudamericana
San Lorenzo
Argentina - 2002.


TÍTULOS INDIVIDUAIS
• Melhor Jogador do Mês
Sporting CP
Portugal - Maio de 2007.


Diego Maradona, Eu Sou El Diego:
«O rapazito fascina-me. Faltam-lhe pernas, físico, músculos, tudo, mas sobra-lhe coragem para fintar. O resto consegue-se num ginásio.»

Paulo Bento, 30 de Maio de 2007:
«Nunca tive dúvidas sobre o seu talento e qualidades: são extraordinárias. Começou bem, teve oscilações e em momentos adversos não teve capacidade para se superar. Quando regressou das férias do Natal, conseguiu juntar o talento e a qualidade a uma superior capacidade para defender. Dá-nos talento, mobilidade, descoberta de espaços para o golo, muito bom no 1x1, desequilibra e, a partir de certa altura, deixou de durar 45/60 minutos para durar o tempo todo.»


(Clique na imagem para fazer download.)


(Clique na imagem para fazer download.)

Visite o nosso canal de vídeos no youtube, onde estão reunidos golos, jogadas, declarações e outros momentos marcantes da carreira de Romagnoli, aqui.



"Tenho expectativa de jogar."
(27/12/2005)

"Quero imitar outros argentinos."
(30/12/2005)

"Espero o entendimento entre os clubes."
(06/06/2007)

"Romagnoli é muito bom jogador e muito boa pessoa."
Alberto Acosta, (30/12/2005)

"Romagnoli quer ficar no Sporting."
Marcelo Simonian, (27/12/2007)

Quedate Aqui,
27/05/2007

(clique na imagem para ver maior)

Feliz Cumpleaños,
17/03/2008

(clique na imagem para ver maior)



Liga Sagres (13ª Jornada):
Vitória de Setúbal x Sporting
Estádio do Bonfim, 03/01/2009, 20h45, RTP/SportTV1


Sporting Clube de Portugal:
Site oficial
Fórum Sporting
Leão da Estrela

Futebol:
A Bola
Record
O Jogo
Maisfutebol

Parceiros:
Flávio Meireles 26
Izmailov7
Miguel Veloso 24
Postiga The Best
Rabiola 39
Ruben Amorim
Simão Sabrosa

Este blog surgiu com o intuito de tornar mais funcional o único website português dedicado a Leandro Romagnoli, futebolista argentino do Sporting Clube de Portugal, em funcionamento desde Abril de 2007 e que dá, em Novembro do mesmo ano, lugar a um novo formato. O nosso grande e único objectivo é apoiar e homenagear aquele que é um dos mais influentes jogadores leoninos.



ARQUIVO:
2009:
Janeiro 2009

2008:
Dezembro 2008
Novembro 2008
Outubro 2008
Setembro 2008
Agosto 2008
Julho 2008
Junho 2008
Maio 2008
Abril 2008
Março 2008
Fevereiro 2008
Janeiro 2008


2007:
Dezembro 2007
Novembro 2007
Outubro 2007
Setembro 2007
Agosto 2007
Julho 2007
Anteriores a Julho 2007