Segunda-feira, 28 de Julho de 2008
Sporting conquista Torneio do Guadiana após vencer derby.

CRÓNICA:

 

 

O Sporting venceu o Torneio do Guadiana pela terceira vez, batendo o Benfica por 2-0, com golos de Yannick Djaló e Derlei.

Num derby morno, típico de início de temporada, os «leões» foram mais equipa e garantiram novo triunfo no certame algarvio.

Com uma formação completamente renovada em relação ao jogo com o Blackburn – apenas Tonel e Grimi se mantiveram no onze – Paulo Bento apostou em Caneira para jogar ao lado de Rochemback, ficando Izmailov e Romagnoli nos flancos, Yannick Djaló e Derlei no ataque.

Do lado dos encarnados, Quique Flores continuou na fase de experimentações, com Aimar e Carlos Martins e assumirem as despesas ofensivas da equipa. O Sporting entrou melhor na partida, desenhando bons movimentos colectivos e conseguiu acercar-se com mais perigo da baliza adversária no primeiro quarto de hora. No entanto, perante dois sistemas semelhantes, o equilíbrio de forças no meio campo não tardou, até porque o discernimento na fase de construção era claramente insuficiente e o número de perdas de bola de parte a parte tomou proporções invulgares até ao intervalo. Para além de um cabeceamento de Djaló por cima da barra da baliza de Quim, e um livre de Carlos Martins – e a substituições forçada de Katsouranis por Edcarlos – pouco mais houve a registar na primeira parte do encontro.

Para a segunda parte, Paulo Bento trocou Grimi por Ronny, mas foi pelo flanco contrário que o Sporting abriu o activo no Municipal de Vila Real de Sto. António. Fábio Rochemback descobriu Derlei a fugir pela direita, e o avançado brasileiro serviu a preceito Yannick Djaló, que não teve dificuldades em encostar e colocar o Sporting na frente. A partir daí, o Sporting serenou o jogo e controlou a partida com maior clarividência, obrigando o rival a cometer demasiados erros. Aos 71 minutos, inversão de papéis, com Yannick Djaló a assistir Derlei para o 2-0, após erro crasso de Edcarlos, que precipitou o triunfo «leonino».

Mesmo com a vitória garantida no Torneio algarvio, os «leões» mantiveram o Benfica em sentido e podiam ter alcançado um resultado ainda mais expressivo.

 

In: Sporting.pt

FICHA DE JOGO:
Sporting: Tiago, Abel, Polga, Tonel, Grimi (Ronny, 45 m), Caneira (Adrien, 79 m), Rochemback, Romagnoli (Pereirinha, 85 m), Izmailov, Yannick Djaló e Derlei (Hélder Postiga, 74 m).
Treinador: Paulo Bento
Suplentes não utilizados: Rui Patrício, Carriço, Pedro Silva, Adrien, Vukcevic e Tiuí.
Disciplina: Cartão amarelo para Ronny (62 m) e Caneira (75 m).
Golos: Yannick Djaló (57 m) e Derlei (71 m)

Benfica: Quim; Maxi Pereira, Luisão, Katsouranis (Edcarlos, 21 m), Léo, Balboa (Makukula, 45 m), Binya (Yebda, 75 m), Carlos Martins (Ruben Amorim, 45 m), Nuno Assis (Jorge Ribeiro, 45 m), Urreta e Aimar (Felipe Bastos, 58 m).
Treinador: Quique Flores
Suplentes não utilizados: Moreira, Luís Filipe, Petit, Cardozo, Zoro, Nuno Gomes, Miguel Vítor, Bruno Costa, Sepsi, Nélson Oliveira e Sidnei.
Disciplina: Cartão amarelo para Luisão (55 m), Bynia (63 m) e Urreta (65 m).

Golos: Nada a assinalar.

 

AVALIAÇÕES À PRESTAÇÃO DE ROMAGNOLI:

 



• "Nas alas, um surpreendente Romagnoli: Jogou na sua posição habitual de organizador de jogo ofensivo durante a primeira parte, período durante o qual Paulo Bento jogou com losango a meio-campo. No segundo tempo, começou a adaptar-se a jogar descaído sobre a direita no 4x4x2 clássico e manteve nota positiva. Mostrou-se disponível para aprender perante a imprensa e passou no primeiro teste." - in Record

 

• "Para além de um par de iniciativas de registo, embora sem a influência desejada no funcionamento ofensivo da equipa, o mais importante a reter foi o seu posicionamento táctico quando o Sporting passou a jogar no 4x4x2 clássico: extremo-direito. Pode ter encontrado um lugar para o novo esquema táctico..."  - in O Jogo

 

• "Está sem ritmo, claramente a acusar o desgaste provocado pelas cargas de pré-época. Assim se explicará o facto de raramente ter aparecido no jogo, deixando-se mesmo desarmar em situações em que normalmente não perderia a bola. De bom, um cruzamento (36') para Yannick." - in A Bola



publicado por Filipa às 20:54
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De payta a 29 de Julho de 2008 às 05:00
eu sou de argentina, sou do clube boca juniors, mais eu gosto muito do pipi romagnoli, um jogador muito bom.
eu creio que ele tinha que jogar para nossa seleçao de futebol.

eu gosto do sporting pq e o clube do pipi, asim que muita sorte para o proximo campeonato!

eu nao falo muito bom, tenho muitos erroirs, mais o sentimento por romagnoli e o sporting se transmite o mesmo.
boa sorte!
ate logo



Comentar post