Domingo, 27 de Julho de 2008
Sporting vence Blackburn no Torneio do Guadiana.

 

CRÓNICA:

O Sporting continua a sua preparação para a temporada 08/09, conseguindo vencer o Blackburn Rovers (2-1), no segundo dia do Torneio do Guadiana. Pedro Silva (21 m), e Tonel (72 m) fizeram os golos.

Paulo Bento voltou a apostar no 4x4x2 «clássico», com Pereirinha e Vukcevic nas alas e o «miolo» entregue a Adrien Silva e João Moutinho, atrás da dupla de avançados Rodrigo Tiuí e Hélder Postiga, que fez, desta forma, a estreia oficiosa com a «orgulhosa camisola listada».

A primeira parte foi típica de um jogo de pré-época, com o «onze leonino» à procura das novas rotinas, decorrentes de um posicionamento diferente, nas transições defesa/ataque e ataque/defesa, o que levou, primeiro, a vários passes errados e, depois, a dificuldades na ocupação dos espaços defensivos.

Daniel Carriço – um dos melhores em campo – viu o seu corte limpo sobre Robbie Fowler ser transformado pelo árbitro Ivo Fernandes, líder da pior equipa em campo, em grande penalidade, que McCarthy concretizou em golo. Porém, a vantagem inglesa não durou muito, pois no minuto seguinte, Pedro Silva, num remate a 40 metros da baliza, consumou o empate, tornando-se este lance no ponto de partida para que os «leões» «pegassem na partida», durando até ao final o domínio «verde e branco» na posse de bola, nos ritmos do jogo e nas oportunidades de golo.

A equipa sportinguista chegou à vitória, à entrada para o último quarto de hora o encontro, quando Tonel, no segundo poste, aproveitou um cruzamento de Rochemback da esquerda, para finalizar num remate cruzado e festejar nos braços dos adeptos que se encontravam atrás da baliza inglesa.

Em suma, o Sporting conseguiu uma vitória num encontro em que o mais importante foi também conseguido: melhorar o entrosamento colectivo e a aptidão física individual para a competição. Adrien foi o destaque individual, aproveitando os 90 minutos em campo para mostrar serviço, tanto nas compensações defensivas, como no primeiro momento da construção atacante.


Após o apito final, houve lugar à marcação de pontapés na marca de grande penalidade – que serve como factor de desempate em caso de necessidade – o Sporting venceu por 5-4, com golos dos brasileiros Rochemback, Derlei, Ronny, Tiuí e Polga. Os jovens Daniel Carriço e Adrien Silva falharam.

No domingo, pelas 21h15, joga-se a terceira jornada do Torneio do Guadiana, com a partida entre o Sporting e o Benfica.

 

In: Sporting.pt

FICHA DE JOGO:

Sporting: Rui Patrício; Pedro Silva (Abel, 63 m), Daniel Carriço, Tonel (Polga, 75 m) e Grimi (Ronny, 45 m); Adrien Silva, Bruno Pereirinha, Simon Vukcevic e João Moutinho (Fábio Rochemback, 45 m); Hélder Postiga e Rodrigo Tiuí (Derlei, 60 m).

Treinador: Paulo Bento.

Suplentes não utilizados: Ricardo Batista, Izmailov, Caneira, Yannick Djaló, Romagnoli. Disciplina: cartões amarelos a Daniel Carriço (38 m).

Golos: Pedro Silva (21 m) e Tonel (72 m).

Blackburn Rovers: Fielding; Kane, Treacy, Samba e Vogel (Tugay, 45 m); Khizanishvili (Peter, 75 m), Judge (Gallagher, 60 m), Dunn e Hodge (Mokoena, 45 m); Fowler (Roberts, 75 m) e McCarthy.

Treinador: Paulo Ince.

Suplentes não utilizados: Bronn.

Disciplina: cartões amarelos a Judge (10 m), Samba (28 m).

Golos: McCarthy (20 m, g.p.)

 

 

AVALIAÇÕES À PRESTAÇÃO DE ROMAGNOLI:

 

Leandro Romagnoli não foi utilizado por Paulo Bento neste encontro, perspectivando-se por isso a titularidade do médio argentino para o jogo desta noite frente ao Benfica, que decidirá o vencedor do Torneio do Guadiana.



publicado por Filipa às 18:03
link do post | comentar | favorito