Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007
Os desejos para 2008.


Que 2008 nos traga mais gritos de golo, mais abraços efusivos, mais sorrisos e lágrimas de felicidade, mais vitórias e mais TÍTULOS.
(e mais momentos de magia, eternizados com o Teu nome; ÍDOLO.)


FELIZ ANO NOVO!


publicado por Filipa às 16:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 30 de Dezembro de 2007
Romagnoli nega haver uma ditadura instalada em Alvalade.

 



Romagnoli regressou este domingo a Portugal, após umas curtas férias na Argentina, e refutou haver uma qualquer ditadura instalada no Sporting. O médio reagia assim às acusações levantadas, alguns dias antes, por Liedson desde o Brasil.

«Não creio que haja uma ditadura como ele disse. Mas cada um tem direito à sua opinião e pode dizer o que quiser», referiu Romagnoli que, quando instado a comentar se as regras do Sporting são demasiado rígidas, reagiu com diplomacia: «São as que o Sporting tem e os jogadores devem obedecer. Não me parece que sejam demasiado duras», respondeu, antes de elogiar o comportamento profissional de Liedson.

«O que ele fala ou não fala, não sei. É um bom jogador e, como tal, faz sempre falta em qualquer equipa», declarou, aceitando depois recordar o episódio da recusa do brasileiro marcar grandes penalidades num treino: «Não foi nada de grave. Ele estava um pouco lesionado, creio que numa perna».

Relativamente aos objectivos desportivos para 2008, Romagnoli pretende «dar tudo dentro do campo», na tentativa do Sporting «tentar encurtar a distância» para o bicampeão F.C. Porto: «Estamos a dois pontos do Benfica e a nove do F.C. Porto. Oxalá esta segunda volta seja melhor do que a primeira. Acredito que ainda possa dar para o Sporting ser campeão. Mas o F.C. Porto está muito bem», reconheceu.

In
: Maisfutebol


publicado por Filipa às 22:03
link do post | comentar | favorito

Romagnoli vira rei nos penáltis.

Depois de muito procurar e de sofrer alguns desgostos, o Sporting parece ter encontrado em Romagnoli o marcador ideal de grandes penalidades, uma tarefa que se tem revelado grande dor de cabeça nos últimos anos, fruto dos desperdícios de Sá Pinto, Liedson, João Moutinho e (em menor número) Polga. Após o último penálti não convertido por João Moutinho (contra a Naval, na 9.ª jornada da Bwin Liga), o técnico Paulo Bento reuniu as tropas e elaborou uma lista com os três marcadores oficiais, cabendo ao argentino Romagnoli o estatuto de principal marcador, seguido dos capitães Polga e Moutinho.

À primeira oportunidade de fazer valer o estatuto, contra o Leiria (12.ª jornada), "Pipi" já não estava em campo, e Polga falhou a pena máxima. No entanto, na grande penalidade que se seguiu, contra o Dínamo de Kiev, com Romagnoli no banco de suplentes, Polga atirou, com tranquilidade, para o golo. Já frente ao Paços de Ferreira (14.ª jornada), no último desafio antes da paragem natalícia, "Pipi" estava em campo, quando Cosme Machado ajuizou um penálti a favor do Sporting, e, da marca dos onze metros, mostrou a sua frieza e eficácia. Qualidade que, aliás, já tinha mostrado noutra ocasião ao serviço dos leões esta época, quando participou com êxito no desempate diante do Guimarães, para a Taça da Liga.

Revendo a carreira de Romagnoli, pode dizer-se que ele é um especialista na conversão de penáltis, pois desperdiçou apenas duas em 11 tentativas em jogos oficiais. O argentino é o novo rei dos penáltis do Sporting, recuperando um estatuto que lhe pertenceu na sua passagem pelo San Lorenzo de Almagro... onde jogava ao lado de Beto Acosta, antigo "matador" do Sporting.

Nos dois castigos que Romagnoli falhou ao longo da sua carreira (apenas no Veracruz, do México, não foi chamado a tal responsabilidade), verifica-se a curiosidade de em ambos ter acertado na baliza: no primeiro, a bola foi desviada após embater no poste, e no segundo o guarda-redes defendeu o remate. Aos restantes nove penáltis executados seguiram-se os inevitáveis festejos.

Foi em 2001, ao serviço da selecção Sub-20 da Argentina (em amigável contra a África do Sul, no dia 31 de Maio), que Romagnoli começou a ter a responsabilidade de marcar grandes penalidades. O prestigiado treinador José Pekerman foi o responsável pela escolha de "Pipi", apesar de, naquela equipa, despontarem talentos do calibre internacional de D'Alessandro, Saviola ou Maxi Rodriguez.

Logo a seguir, confiaram-lhe a mesma tarefa no San Lorenzo... mas perdeu o estatuto no Veracruz do México. Agora, no Sporting, volta a assumir o papel principal neste tipo de lances, com o objectivo de melhorar os (maus) índices de concretização que o Sporting tem vindo a apresentar nesta vertente particular.

Os últimos grandes marcadores de penáltis do Sporting, em termos de eficácia, foram Pedro Barbosa e Jardel, e será necessário aguardar para ver se Romagnoli se integrará nesse lote. Por enquanto, o início foi... prometedor.

 In: O Jogo



publicado por Filipa às 18:58
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007
«Romagnoli quer continuar no Sporting» (Simonian)

As possibilidades de Leandro Romagnoli sair do Sporting no mercado de Janeiro “são nulas”, segundo declarou ontem o empresário do jogador, Marcelo Simonian, a propósito do alegado interesse de clubes sul-americanos no médio criativo.

Segundo a imprensa chilena, Romagnoli seria o alvo prioritário de Cláudio Borghi, treinador do Colo Colo, existindo ainda a eventual concorrência do San Lorenzo (clube que formou o médio argentino), cujo técnico, Ramón Díaz, procura reforçar a equipa com vista à Taça Libertadores.

Mas as notícias foram prontamente desvalorizadas pelo representante do jogador. “Não posso confirmar nada, porque não há qualquer contacto nem abordagem”, sublinhou Marcelo Simonian em declarações à Rádio Renascença. “O Leandro está muito bem em Portugal e no Sporting, que há poucos meses adquiriu o seu passe. Ninguém falou comigo, nem com o Sporting, pelo que não vejo a menor hipótese de ele sair, quer em Janeiro quer no final da época.”

Para reforçar os seus argumentos, Simonian recordou que Romagnoli “tem por objectivo ser campeão no Sporting. Ele continua a acreditar que este ano, isso ainda é possível, embora difícil. Mas se não for este ano será no próximo”, sublinhou.

O empresário também não deu importância ao alegado interesse do San Lorenzo, o clube onde Romagnoli nasceu para o futebol. “É verdade que estamos a falar de grandes clubes, mas o Sporting também é um grande clube europeu e o Leandro está feliz e realizado profissionalmente em Portugal,” garantiu Marcelo Simonian.


In: Record

Para ouvir as declarações de Simonian à Radio Renascença, clique AQUI.



publicado por Filipa às 20:00
link do post | comentar | favorito

Colo Colo e San Lorenzo na corrida por Romagnoli.


De acordo com o jornal chileno "Prensa Futbol", os treinadores do Colo Colo do Chile e do San Lorenzo de Almagro, clube de formação de Pipi, vêem no médio leonino uma mais-valia para os seus plantéis, tendo em vista a participação na Taça dos Libertadores da América.

A «luta» adivinha-se renhida mas pode resultar infrutífera, isto porque o Sporting não deverá abrir mão de um jogador influente a meio da época, com a equipa de Paulo Bento envolvida em quatro frentes: Campeonato, Taça de Portugal, Taça da Liga e Taça UEFA.

Fonte: A Bola


(«quedate aqui...»)


publicado por Filipa às 15:09
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007
Feliz Natal!


LEANDRO ROMAGNOLI ONLINE

deseja a todos os seus visitantes um
FELIZ NATAL!


publicado por Filipa às 18:37
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 23 de Dezembro de 2007
Sporting vence Paços e acaba 2007 em sorrisos.


CRÓNICA
:
O Sporting venceu, por 2-1, o Paços de Ferreira, com golos de Vukcevic e Romagnoli. Face a derrota do líder FC Porto perante o Nacional, os "leões" encurtaram as distâncias e preparam-se para um ano de 2008 cheio de êxitos.


Na última jornada antes das férias natalícias, o Sporting recebeu o Paços de Ferreira sem Paulo Bento no banco de suplentes por se encontrar a cumprir castigo. Desta forma, a equipa "leonina" actuou no relvado sob o comando técnico de Carlos Pereira, utilizando o seu sistema de jogo habitual (4x4x2), com Gladstone a jogar de início, já que Polga também cumpria castigo.

Os "leões" encontraram pela frente um adversário que, ao contrário de muitas outras equipas, não se fechou defensivamente e procurou sempre jogar de forma aberta, ajudando a que o jogo fosse mais agradável de seguir. Na primeira metade, o Sporting controlou, com paciência e uma boa circulação de bola, conseguindo criar perigo por várias vezes.

Mesmo assim, o Paços conseguiu chegar primeiro ao golo, aos 9 minutos, num lance em que Edson finalizou um cruzamento de Cristiano. Tonel ainda reclamou fora-de-jogo, mas sem sucesso, no entanto, a realidade diz que Cristiano deu início à jogada em posição irregular.

O Sporting reagiu bem ao tento sofrido e oito minutos depois igualou o resultado. No lance, Miguel Veloso descobriu Vukcevic bem posicionado, passou-lhe a bola e o número 10 "leonino", sem problemas, não falhou o alvo.

Na segunda parte, a equipa verde e branca entrou tranquila, jogou de forma serena e aos 61 minutos teve oportunidade de se colocar em vantagem. No lance, Vukcevic sofreu uma grande penalidade – primeiro de Rovérsio, mas aguentou-se firme e, depois, Peçanha voltou a carregar o jogador. O árbitro Cosme Machado assinalou a falta, mostrou o cartão vermelho ao guarda-redes e acabou por ser o seu suplente, Pedro, a sofrer o golo, numa penalidade muito bem finalizada por Romagnoli.

Com o Paços de Ferreira reduzido a dez unidades, os "leões" procuraram um resultado mais confortável. Perto do final da partida, acabou por ser Mangualde a negar o terceiro tento aos "leões", após uma boa intervenção de Tonel.

O Sporting foi um justo vencedor e prepara-se para entrar "com o pé direito" no ano de 2008, brindando os adeptos "leoninos" com muitas vitórias.


In: Sporting.pt

 FICHA DE JOGO:

Sporting:Rui Patrício; Abel, Tonel, Gladstone (Marian Had, 86 m) e Ronny (Izmailov, 46 m); Miguel Veloso, João Moutinho, Romagnoli (Adrien Silva, 71 m) e Vukcevic; Liedson e Purovic.
Treinador: Carlos Pereira.
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Ronny (36 m), Purovic (73 m) e Miguel Veloso (76 m).

Golos: Vukcevic (17m), Romagnoli (63 m g.p.)

Paços de Ferreira: Peçanha; Mangualde (Furtado, 86 m), Rovérsio, Tiago Valente e Chico Silva; Pedrinha, Filipe Anunciação, Dedé e Edson (Ricardinho, 80 m); Cristiano e Wesley (Pedro, 62 m).
Treinador: José Mota
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Dedé (41 m) e Pedrinha (52 m). Cartão vermelho para Peçanha (61 m)
Golo: Edson (9 m)



AVALIAÇÕES À PRESTAÇÃO DE ROMAGNOLI:



• "O "Pipi das meias altas" até nem estava a destacar-se da mediania colectiva, quando descobriu um buraco na defesa do Paços para lançar Vukcevic no lance do penálti. Chamado a "depor", e numa altura em que o Sporting já pensava em trocar dois cantos a seu favor por cada grande penalidade assinalada face ao histórico recente na linha dos 11 metros, o argentino até enganou o guarda-redes. Um preciosismo nos dias que correm para estes lados! Saiu aos 71', aplaudido." - in Record.

• "Desequilibrador na faixa direita e no corredor central, quase marcou aos 47', após grande insistência de Liedson. Sempre inconformado, coroou a reaparição a titular num passe açucarado para "Vuk", que acabou por ser carregado na grande área pacense por Peçanha. O argentino bateu (com calma e precisão) o seu primeiro penálti de leão ao peito e deu expressão à segunda cambalhota seguida dos leões na Bwin Liga. Saiu aos 70', sob aplausos." - in O Jogo

• "O rato atómico está de volta. Mais movimentado do que tem estado esta época, parece atravessar um bom momento de forma. Com uma assistência magnífica isolou Vukcevic para o lance do penalty que decidiu o jogo. Chamado a marcar, exorcizou de vez o fantasma dos penalties em Alvalade..." - in A Bola

• "A sua ausência fez-se notar e o seu regresso também porque o argentino é um jogador que acrescenta sempre qualquer coisa à equipa. Particularmente perante os nós difíceis de desatar como é a defesa do Paços quando está em vantagem. Diante uma rigorosa marcação à zona, o futebol curto dos leões estava a revelar-se ineficaz na procura de espaços e Romagnoli foi dos poucos que procurou desequilíbrios em lances de um-para-um, partindo para cima do adversário em drible e abrindo brechas na defesa amarela." - in Maisfutebol

O GOLO:
Aos 63' minutos de jogo, Leandro Romagnoli cobrou de forma exemplar o penalty que deu a vitória aos «leões». Veja aqui o vídeo do golo:



DECLARAÇÕES NO FINAL DO JOGO:



Em declarações no final do jogo, Leandro Romagnoli afirmou que, embora com consciência da dificuldade, o Sporting continua a lutar pelo título:

«Penso que não foi uma grande exibição, mas fomos capazes de reagir ao golo do Paços de Ferreira. Creio que não estávamos à espera do golo, mas tivemos capacidade de empatar a partida e de, na segunda parte, ganhá-la. Penso que o mais importante era ganhar, até porque o Porto tinha perdido e pudemos aproximar-nos um pouco mais. Fico contente por isso.»


[Em termos individuais ficou satisfeito com a sua prestação?] Mais ou menos. Queremos sempre mais. Apesar dos últimos jogos que fiz, quero melhorar. Tento sempre dar mais e melhorar também.


[Acredita que o Sporting pode chegar à liderança em 2008?] É difícil, porque o F.C. Porto está bem e estamos a falar de muitos pontos de diferença. Mas o objectivo é o primeiro lugar. Se não for possível, será lutar pelo segundo lugar com o Benfica. No entanto, a meta é sempre conquistar o campeonato.»



publicado por Filipa às 18:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007
Convocados para a recepção ao Paços de Ferreira.


O regresso de Stojkovic é a principal nota de destaque dos convocados de Paulo Bento para o jogo de amanhã frente ao Paços de Ferreira. Para além do sérvio, Had, Paulo Renato e Farnerud voltam igualmente os convocados do Sporting, ocupando os lugares de Tiago, Paredes e Celsinho. Yannick Djaló, Pedro Silva e Derlei prosseguem na recuperação das respectivas lesões.

A principal «baixa» nos eleitos de Paulo Bento é o brasileiro Anderson Polga, a cumprir um jogo de suspensão após ver o 5º cartão amarelo da época na Madeira.

LISTA DE CONVOCADOS:
Guarda-redes: Rui Patrício e Stojkovic.
Defesas: Abel, Ronny, Tonel, Gladstone, Paulo Renato e Marian Had.
Médios: Miguel Veloso, Bruno Pereirinha, Adrien, João Moutinho, Izmailov, Vukcevic, Farnerud e Romagnoli.
Avançados: Liedson, Purovic e Luís Paez.


FORÇA SPORTING!


publicado por Filipa às 22:04
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007
Reviravolta na Madeira permite aproximação ao 2º lugar.



CRÓNICA:

Quando os adeptos leoninos estavam conformados com mais um marcar passo da sua equipa, desta feita nos Barreiros, Vukcevic conseguiu dar-lhes um belo presente de Natal. O avançado esteve na igualdade e fez o golo da vitória. Lazaroni não foi feliz nas substituições e viu a sua equipa pagar caro o recuo no campo. Um triunfo que acaba por ser um grande castigo para os verde-rubros.

Paulo Bento pôde contar com Liedson mas não teve Izmailov (ficou na bancada) nem Romagnoli no onze. O técnico leonino manteve Adrien na equipa inicial e esta foi a grande novidade na equipa de Alvalade. Lazaroni lançou Fábio Felício, que regressou após lesão e um mês e meio sem jogar.

As duas equipas apresentaram sistemas tácticos iguais (4x4x2), mas as com nuances diferentes. O Sporting com o seu tradicional losango e os madeirenses com dois médios defensivos e dois alas. Assim, as formações estavam encaixadas. No entanto, a defesa local mostrou-se algo nervosa nos momentos iniciais e teve duas falhas (4 e 9 minutos) que quase comprometiam. Mas Liedson e Purovic não conseguiram aproveitar.

Os verde-rubros responderam por Fábio Felício, que num contra-ataque (11m) quase surpreendia Rui Patrício. Apoiados pelo seu público, os maritimistas começam a subir mais no relvado e aos 16 minutos Fábio Felício aproveita uma falha e de ângulo difícil remata para a baliza de Rui Patrício que tinha ficado a meio caminho. Valeu Polga que salvou sobre a linha de baliza.

E quanto a perigo para as duas balizas, seguiram-se muitos minutos de mau futebol. Lutou-se e correu-se muito mas jogou-se pouco. Só aos 43 minutos se viveu algum momento de emoção, pois após um bom cruzamento de Moutinho na cobrança de um livre, Purovic cabeceou (em posição irregular) para boa defesa de Marcos. Jorge Sousa não deu tempo extra ma etapa inicial e fez bem, para as duas formações pensarem na fraca qualidade que exibiram.

O Marítimo até entrou ofensivo no segundo tempo, com Ricardo Esteves a tentar a sua sorte num remate já dentro da área, mas Rui Patrício defendeu para canto. Mas este lance foi uma excepção, pois os «leões» começaram a estar mais perto de marcar, embora sem grandes oportunidades. Purovic, aos 56 minutos, não consegue desviar um remate de Moutinho e já com Romagnoli em campo, Abel num bom remate de fora área vê Marcos voar e desviar para canto.

Paulo Bento tinha mexido na sua equipa mas viu o Sporting falhar uma marcação e sofrer o 1-0. Livre na esquerda marcado por Fábio Felício e Bruno Fogaça surgiu a cabecear livre e bateu Patrício. Foi uma explosão de alegria no «caldeirão».

Mas o conjunto de Paulo Bento conseguiu, com sorte, chegar à igualdade, sem fazer muito por isso. Num lance infeliz de Ediglê o central brasileiro desviou para a própria baliza um cabeceamento de Vukcevic, dando o empate ao Sporting aos 71 minutos. Um minuto depois, o mesmo Vukcevic assustou Marcos num remate cruzado, muito forte mas ao lado.


Nesta altura a defesa maritimista já tinha perdido o central holandês Van der Linden por lesão e dava mostras que a tranquilidade já não era a mesma. Esse facto foi comprovado aos 88 minutos. Vukcevic recebeu uma bola na área e rematou rasteiro para dar a vitória à sua equipa. Foi o balde de água fria e um castigo pesado para os madeirenses, face ao que a turma de Lisboa produziu.


 

In: Maisfutebol


 FICHA DE JOGO:

Marítimo: Marcos; Ricardo Esteves, Ediglê, Van der Linden (Fernando, 67 m) e Evaldo; Wênio, Bruno, Mossoró e Fábio Felício; Kanu e Fogaça.

Treinador: Sebastião Lazaroni.

Suplentes não utilizados: Marcelo, Edder Perez, João Luiz, Briguel.

Disciplina: cartões amarelos a Kanu (32 m), Ediglê (76 m), Gregory (90 m) e Fábio Felício (90m +3).

Golo: Bruno Fogaça (60 m).


Sporting: Rui Patrício; Abel, Tonel, Polga e Ronny (Bruno Pereirinha, 71 m); Miguel Veloso, Adrien Silva (Romagnoli, 57 m), Vukcevic e João Moutinho; Purovic (Gladstone, 88 m) e Liedson.

Treinador: Paulo Bento.

Suplentes não utilizados: Tiago, Celsinho, Luís Paez e Paulo Renato.

Disciplina: cartões amarelos a Polga (32 m), Adrien Silva (50 m), Abel (59 m), Vukcevic (85 m), Gladstone (89 m).

Golos: Vukcevic (71 e 87 m).

AVALIAÇÕES À PRESTAÇÃO DE ROMAGNOLI:



(Foto: Álvaro Isidoro)

• "A sua entrada foi útil à equipa, pela forma como conseguiu rapidamente entrar no ritmo do jogo e acompanhar Vukcevic em termos de atitude, batalhador e inconformado." - in Record.

• "Conferiu alguma qualidade de passe ao meio-campo leonino, efectuou algumas diagonais de desgaste, e foi dele o cruzamento para o 1-2." - in O Jogo

• "A bola continua a sair-lhe redondinha dos pés, mas nota-se que não está com confiança." - in A Bola

DECLARAÇÕES NO FINAL DO JOGO:



Paulo Bento foi confrontado, no final do jogo, com a ausência de Romagnoli no onze inicial, que o técnico leonino justificou da seguinte forma: «[Romagnoli] não tinha capacidades para actuar durante os 90 minutos e optei por fazê-lo entrar durante a segunda parte.»



publicado por Filipa às 22:13
link do post | comentar | favorito

Domingo, 16 de Dezembro de 2007
Paulo Bento garante «Pipi» como 10.

Quando questionado se João Moutinho voltaria a actuar novamente na posição 10, Paulo Bento garantiu o lugar de «Pipi» no onze inicial:

«(Moutinho) jogou nessa função contra o Dínamo Kiev e bem. Tem tido um bom rendimento em qualquer das funções que executa no meio-campo, mas o Romagnoli é a opção inicial, e estamos satisfeitos com o seu rendimento.»

Assim, é muito provável que Romagnoli volte à equipa já hoje, no jogo frente ao Marítimo a contar para a 13ª Jornada da BWin Liga (20h00, SportTV1).


publicado por Filipa às 18:35
link do post | comentar | favorito




Nome completo:
Leandro Atílio Romagnoli
Clube Actual:
Sporting Clube de Portugal
Posição:
Médio Ofensivo/Número 10
Data de Nascimento:
17.03.1981
Idade:
27 anos
Naturalidade:
Buenos Aires, Argentina
Nacionalidade:
Argentina
Altura:
1,72 cm
Peso:
61 kg

CAMPEONATOS NACIONAIS
• Torneo Clausura 2001
San Lorenzo
Argentina - 2001.

• Taça de Portugal
Sporting CP
Portugal - 2006/2007.

• Supertaça Cândido de Oliveira
Sporting CP
Portugal - 2007/2008.

• Taça de Portugal
Sporting CP
Portugal - 2007/2008.


CAMPEONATOS INTERNACIONAIS
• Mundial de sub-20
Argentina sub-20
Argentina - 2001.

• Copa Mercosur
San Lorenzo
Argentina - 2001.

• Copa Sudamericana
San Lorenzo
Argentina - 2002.


TÍTULOS INDIVIDUAIS
• Melhor Jogador do Mês
Sporting CP
Portugal - Maio de 2007.


Diego Maradona, Eu Sou El Diego:
«O rapazito fascina-me. Faltam-lhe pernas, físico, músculos, tudo, mas sobra-lhe coragem para fintar. O resto consegue-se num ginásio.»

Paulo Bento, 30 de Maio de 2007:
«Nunca tive dúvidas sobre o seu talento e qualidades: são extraordinárias. Começou bem, teve oscilações e em momentos adversos não teve capacidade para se superar. Quando regressou das férias do Natal, conseguiu juntar o talento e a qualidade a uma superior capacidade para defender. Dá-nos talento, mobilidade, descoberta de espaços para o golo, muito bom no 1x1, desequilibra e, a partir de certa altura, deixou de durar 45/60 minutos para durar o tempo todo.»


(Clique na imagem para fazer download.)


(Clique na imagem para fazer download.)

Visite o nosso canal de vídeos no youtube, onde estão reunidos golos, jogadas, declarações e outros momentos marcantes da carreira de Romagnoli, aqui.



"Tenho expectativa de jogar."
(27/12/2005)

"Quero imitar outros argentinos."
(30/12/2005)

"Espero o entendimento entre os clubes."
(06/06/2007)

"Romagnoli é muito bom jogador e muito boa pessoa."
Alberto Acosta, (30/12/2005)

"Romagnoli quer ficar no Sporting."
Marcelo Simonian, (27/12/2007)

Quedate Aqui,
27/05/2007

(clique na imagem para ver maior)

Feliz Cumpleaños,
17/03/2008

(clique na imagem para ver maior)



Liga Sagres (13ª Jornada):
Vitória de Setúbal x Sporting
Estádio do Bonfim, 03/01/2009, 20h45, RTP/SportTV1


Sporting Clube de Portugal:
Site oficial
Fórum Sporting
Leão da Estrela

Futebol:
A Bola
Record
O Jogo
Maisfutebol

Parceiros:
Flávio Meireles 26
Izmailov7
Miguel Veloso 24
Postiga The Best
Rabiola 39
Ruben Amorim
Simão Sabrosa

Este blog surgiu com o intuito de tornar mais funcional o único website português dedicado a Leandro Romagnoli, futebolista argentino do Sporting Clube de Portugal, em funcionamento desde Abril de 2007 e que dá, em Novembro do mesmo ano, lugar a um novo formato. O nosso grande e único objectivo é apoiar e homenagear aquele que é um dos mais influentes jogadores leoninos.



ARQUIVO:
2009:
Janeiro 2009

2008:
Dezembro 2008
Novembro 2008
Outubro 2008
Setembro 2008
Agosto 2008
Julho 2008
Junho 2008
Maio 2008
Abril 2008
Março 2008
Fevereiro 2008
Janeiro 2008


2007:
Dezembro 2007
Novembro 2007
Outubro 2007
Setembro 2007
Agosto 2007
Julho 2007
Anteriores a Julho 2007