Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008
Sporting vence em Basileia e continua na UEFA.


CRÓNICA
:
O Sporting deu continuidade às suas boas exibições na Europa, vencendo o Basileia por 3-0, com «bis» de Liedson (41 e 50 m), após o golo «madrugador» de Pereirinha (2 m).


O objectivo assumido – na conferência de imprensa em terras suíças de Paulo Bento e Miguel Veloso – de marcar na Suiça foi conseguido logo aos dois minutos, por Bruno Pereirinha, que actuou a interior direito, num remate forte de fora da área, após assistência de João Moutinho. Com a eliminatória resolvida nos instantes iniciais, restou ao Basileia jogar pelo seu orgulho, colocando, até ao intervalo, Rui Patrício perante dificuldades, mas o jovem guarda-redes formado no Clube provou ser, na actualidade, um dos melhores portugueses na posição, defendendo quatro remates com «selo de golo»: Eduardo (14 m), Derdyok (27 e 45m) e Ergic (35 m).

Ainda antes do intervalo, Liedson voltou a marcar, num chapéu ao guardião contrário após um erro do central contrário, aumentando a vantagem «leonina» na eliminatória, numa manifestação de eficácia colectiva que faltara na partida da primeira mão.

Perante vários milhares de adeptos sportinguistas presentes em todas as bancadas do estádio helvético, a equipa de Paulo Bento voltou do intervalo verdadeiramente dominadora, criando duas grandes oportunidades de golo até Liedson «bisar», aos 49 minutos. Perdeu-se a eficácia, sobrou o futebol atacante «verde e branco», com o treinador suíço a reconhecer o domínio adversário, trocando um avançado por mais um médio (59 m), mas o losango «leonino» continuou a dominar e a proporcionar situações de golo no último terço do terreno helvético.

O recém-entrado Ronny esteve também muito perto de marcar – aos 74m, apareceu isolado e aos 83 m, transformou um livre directo à barra – mas, não mais o resultado foi alterado, numa vitória justíssima, que poderia ter ainda outros números, com o Sporting a qualificar-se para os oitavos-de-final da Taça UEFA, onde irá defrontar o Bolton, com o primeiro encontro a ser no próximo dia 6 de Março, em Inglaterra.



FICHA DE JOGO:
FC Basileia: Crayton; Zanni, Majstorovic, Marque e Hodel; Degen, Huggel (Malik Ba, 45 m), Ergic (Perovic, 70 m) e Carlitos; Eduardo (Frei, 59 m) e Derdiyok.
Treinador: Christian Gross.
Suplentes não utilizados: Letwiller, Cabral, Stocker e Ferati.
Disciplina: Nada a assinalar.
Golos: Nada a assinalar.

Sporting: Rui Patrício; Abel, Polga, Tonel (Gladstone, 54 m) e Grimi (Ronny, 67 m); Miguel Veloso, João Moutinho, Bruno Pereirinha e Romagnoli (Farnerud, 59 m); Rodrigo Tiuí e Liedson.
Treinador: Paulo Bento.
Suplentes não utilizados: Stojkovic, Pedro Silva, Purovic e Celsinho.
Disciplina:
Nada a assinalar.
Golos
: Pereirinha (2 m), Liedson (41 e 50 m).



AVALIAÇÕES À PRESTAÇÃO DE ROMAGNOLI:



• "Foi o menos inspirado do meio-campo, mas mesmo quando isso acontece tem pormenores que fazem bem ao jogo." - in Record.

• "Duas ou três arrancadas na primeira parte deixaram a cabeça dos suíços feita em água, mas raramente tomou a melhor opção no momento do passe. Podia e devia ter feito melhor quando surgiu, aos 54', na cara de Crayton: foi displicente na finalização, depois de isolado por Pereirinha." - in O Jogo

• "O treinador do Basileia estava de olho nele e, como tal, teve marcação apertada de Huggel, na primeira parte, e Ba, na segunda. Ainda assim, apareceu sozinho na cara de Crayton (53'), mas não teve classe para marcar. Acabou substituído." - in A Bola

• "João Moutinho e Romagnoli foram decisivos na hora de recuperar a bola e em colocá-la no ataque. Os dois jogadores trabalharam muito e imprimiram velocidade na transposição para o sector mais avançado. Moutinho fez o passe para o primeiro golo e o argentino até podia ter marcado. Duas prestações caracterizadas pela raça e vontade." - in Destaques do Maisfutebol


publicado por Filipa às 19:23
link do post | comentar | favorito