Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008
Romagnoli é o número um.


Frente ao E. Amadora, Romagnoli ainda agarrou na bola mas cedo se percebeu que a grande penalidade seria mesmo para Polga. Todavia, a verdade é que Pipi continua a ser o marcador oficial de pénaltis e, no último encontro, só não apontou o castigo máximo porque iniciou a partida no banco de suplentes.

É que, na antecâmara de todas as partidas, a equipa técnica divulga a hierarquia na marcação de grandes penalidades, livres e cantos. E, diante dos amadorenses, o central já tinha sido eleito, assim como Celsinho estava nomeado para marcar todos os cantos do lado esquerdo do ataque e Miguel Veloso e Ronny iam-se revezando no flanco oposto.

In: Record


publicado por Filipa às 21:00
link do post | comentar | favorito