Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008
O rugido do Leão!


CRÓNICA
:
O Sporting voltou às vitórias no campeonato, derrotando o FC Porto (2-0). Vukcevic (12 m) e Izmailov (14 m) foram os marcadores dos golos.


Frente ao um adversário que voltou a utilizar o 4x4x2 após a derrota na SuperTaça, a equipa de Paulo Bento teve um início hesitante, com o remate de Pereirinha (6 m) a ser a resposta a duas situações de perigo portistas. Porém, a equipa «leonina» fechou o primeiro quarto de hora em grande, com Vukcevic (12 m) e Izmailov (14 m) a marcarem após cruzamentos do internacional russo, primeiro, e Pereirinha, depois. Foram duas jogadas de ataque rápido, utilizando os corredores laterais, a darem confortável vantagem ao «leão» e a mostrar o que seria a atitude «verde e branca» até ao intervalo: evitar a inferioridade numérica defensiva nas suas faixas laterais – com o Izmailov, na esquerda, e Pereirinha, na direita, em destaque – e, após recuperar a posse de bola, tentar chegar o mais rapidamente possível à dupla de avançados em estreia Liedson/Vukcevic.

No regresso dos balneários, o FC Porto trouxe Farias e o 4x3x3 – terminando a partida em 3x3x4 com as entradas de Mariano e Hélder Barbosa – e o Sporting a atitude e a concentração defensiva, apesar das várias oportunidades adversárias, que esbarraram na falta de pontaria e na melhor exibição, enquanto sénior, do guardião Rui Patrício. Pese embora o maior pendor atacante adversário, o Sporting teve ainda duas claras oportunidades para dilatar a vantagem, por Ronny (65 m) e Liedson (90 m), mas Helton conseguiu evitar a construção da goleada. Em suma, uma vitória justa, baseada na atitude competitiva de um colectivo que contou, desta vez, com as bancadas de Alvalade repletas de apoio até ao último minuto.

In: Sporting.pt


FICHA DE JOGO:

Sporting: Rui Patrício; Bruno Pereirinha, Tonel, Polga e Ronny; Miguel Veloso, João Moutinho, Izmailov e Romagnoli (Farnerud, 74 m); Vukcevic (Gladstone, 82 m) e Liedson (Celsinho, 90 m).
Treinador: Paulo Bento.
Suplentes não utilizados: Stojkovic, Marian Had, Adrien Silva, Purovic.
Disciplina: cartões amarelos a Pereirinha (49 m), Tonel (72 m) e Liedson (83 m).
Golos: Vukcevic (12 m), Izmailov (14 m)


FC Porto: Helton; Bosingwa, Bruno Alves, Pedro Emanuel e Fucile; Paulo Assunção, Raul Meireles, Lucho e Cech (Farias, 45 m); Quaresma (Hélder Barbosa, 82 m) e Lisandro.
Treinador: Jesualdo Ferreira.
Suplentes não utilizados: Nuno, Stepanov, Bollati e Adriano.
Disciplina: cartões amarelos a Raul Meireles (50 m), Bruno Alves (63 m) e Helton (65 m).
Golos: Nada a assinalar.


AVALIAÇÕES À PRESTAÇÃO DE ROMAGNOLI:



( Foto: Álvaro Isidoro )

• "A actuação do argentino poderá ser enquadrada nos mesmos moldes de João Moutinho. Viu-se pouco, não teve a influência do costume, mas contrariou a desinspiração com o acerto dos terrenos que pisou e das decisões mais simples. Encaixado em Paulo Assunção, não encontrou o seu espaço de afirmação. Pode ter sido consequência da mobilidade excessiva de quem jogou no seu raio de acçãow." - in Record

• "
O argentino passou completamente ao lado do jogo, excepção feita a uma tentativa de chapéu a Helton, após um erro crasso do guardião azul e branco." - in O Jogo


publicado por Filipa às 18:43
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Izmailov7 a 29 de Janeiro de 2008 às 17:56
Olá! Filipa será que me poderias dar o teu e-mail para falarmos ? Se quiseres claro.
Beijinho !



Comentar post